sexta-feira, 27 de maio de 2011

alcool x musculação "24 horas com o cortisol comendo o tecido muscular"



Oi menina(os),


subi, peguei, sentei, descasquei e comi.


  Essa semana eu fiquei dodói, passei um mês e meio com os meus filhos com virose, cada semana uma diferente, nao saí do pediatra quase acampei na porta dele, o homem não me aguentava mais e nem eu a ele...
Mas no final como nao poderia ser diferente quem ficou doente fui eu, por ficar acordada de madrugada, nervosa e nao comer direito na ultima semana, já estafada...Tá bom..tá bom, logo eu que sou psíca com alimentação?! Pois é, descuidei por problemas emocionais, isso não quer dizer que eu tenha comido demais, pelo contrário...Eu não comi, minha imunidade baixou e eu caí.
Acontece.
Mas como tudo passa, tudo passará...passou.
levantei e vamo que vamo.
Obs: Quando seu astral estiver baixo, sobe em uma árvore de preferência frutifera, senta e come a fruta.
Faça algo diferente, você irá se sentir melhor...viva.

Eu estava lendo uma matéria interessante no site do meu amigo Zé gatão de Brasília sobre alcool x musculação, tem muita gente que adora tomar "uns drinks" na ninght, ficar "alegre" nas festinhas, né? Pois é...Nao combina com quem quer resultados na academia...
Resolvi compartilhar o texto para te mostrar o efeito contrário que o alcool faz para quem treina...Se você é uma dessas(es) que gosta de algumas cervejinhas fica ligada(o)...
beijos e até +
Dani.





Álcool X Musculação:
 Sempre aos finais de semana, festinhas, ocasiões especiais, algumas vezes até durante a semana. Nestas oportunidades muita gente não abre mão da bebida alcoólica de jeito nenhum. Mesmo sabendo que algum prejuízo está sendo causado no organismo pela ingestão exagerada de álcool, a maioria das pessoas só se dão conta do prejuízo quando ele já apareceu como doenças no fígado, sistema digestivo e coração, assim como perda de apetite e deficiências vitamínicas.
            Como nosso foco é a musculação, decidi escrever sobre o tema para mostrar como a administração do álcool pode atrapalhar os objetivos e mais ainda uma hipertrofia, vamos mostrar que acontece com o nosso corpo quando ingerimos umas e outras.
            Em um estudo feito com oito homens saudáveis demonstrou que depois de consumir álcool, houve uma queda significante da testosterona e um aumento no cortisol (hormônio que destrói tecido muscular), com o organismo desses indivíduos ficando neste estado por mais de 24 horas.
            Teses e estudos recentes comprovam que o álcool é hiper-estrogênico, ou seja, nas mulheres, faz seu fígado produzir muito hormônio feminino (estradiol/estrona), e nos homens, esse efeito silencioso é refletido na inibição dos receptores da testosterona no tecido muscular e hipotálamo. Em nós machos, os danos são ainda mais graves. Para quem treina de forma intensa, a fibra somente fica “inchada”, a força não vem, a fadiga e a agressividade aumentam, libido e ereção diminuem cada vez mais com umas pingas (álcool).
            No Sistema nervoso, o álcool atua comprometendo uma série de funções motoras e cognitivas. Dentre os efeitos conhecidos, está o aumento do tempo de reação e a piora da coordenação motora. Além disso, é consistentemente comprovado que o consumo habitual de álcool é inversamente proporcional ao desempenho intelectual (Singleton, 2007). Também se deve ressaltar que o metabolismo do álcool produz estresse oxidativo, com liberação de radicais livres (Dey & Cederbaum, 2006; Colome Pavon et al., 2003; Albano et al., 1988).
            Depois de ingerido, a maior parte do álcool é absorvida pelo intestino delgado (80%) e estômago (20%), e é rapidamente distribuído pelo corpo devido à sua alta solubilidade em água, se concentrando especialmente no sangue e no cérebro. Quando não há alimentos sendo digeridos, a velocidade de absorção do álcool aumenta expressivamente devido à alta velocidade de esvaziamento gástrico, portanto, a ingestão de álcool com estomago vazio leva a picos mais rápidos e mais intensos de álcool no sangue, conforme percebemos muito bem isso na prática.
            Mais um fator que também aumenta a velocidade de absorção é a temperatura, bebidas quentes promovem um pico sangüíneo mais rápido. Apesar da absorção e aparecimento de álcool no sangue serem influenciados por diversos fatores, deve-se ressaltar que a velocidade de eliminação do álcool é invariavelmente mais lenta do que a velocidade de absorção. Estima-se que a eliminação do álcool ocorra em uma taxa de 0,1 g por quilo de massa corporal para homens e 0,085 para mulheres (Weineck, 2000). Isto significa que um homem de 70 quilos é capaz de eliminar a quantidade de álcool contida em duas latas de cerveja a cada hora.
            Quando você consome uma quantidade elevada de álcool, isso faz com que o seu fígado fique ocupado a todo tempo convertendo o álcool em acetato e qualquer vitamina ou mineral que passar pelo fígado vai ser eliminado pelo processo de desintoxicação. Ele interfere no metabolismo da maioria das vitaminas, e com a absorção de vários nutrientes. Estimula a excreção de cálcio e magnésio pela urina. (Você vai urinar estes importantes nutrientes). E como se não fosse suficiente a comida no estômago ainda irá competir com o álcool pela absorção na corrente sanguínea.
            Um efeito colateral comum da bebida alcoólica é o efeito diurético, principalmente a cerveja. Você vai sentir vontade de ir ao banheiro toda hora, saiba que você está urinando os líquidos que são essenciais ao seu corpo e não uma urina normal. E você deve saber que o nosso corpo (principalmente os músculos) são constituídos por 70% de água. 
Comparativo Calórico
· 1 grama de proteína = 4 calorias;
· 1 grama de carboidrato = 4 calorias;
· 1 grama de álcool = 7 calorias;
· 1 grama de gordura = 9 calorias.
            Observa-se que o álcool só perde, em quantidade calórica, para as gorduras. Geralmente, as pessoas cortam os alimentos gordurosos quando estão em dieta, mais ainda sim, mantém a “sagrada” bebida no final de semana.  E ainda existem aqueles que comem menos com medo de ganhar peso e mesmo assim mantém o consumo de bebida alcoólica, o que é um grande erro. A verdade é que as pessoas temem a comida, mas não da mesma maneira o álcool. Muitos trocam a comida pela bebida, comem menos e bebem mais, e não entendem porque não conseguem emagrecer, já que quase não comem. É uma seqüência absurda de erros cometidos que acabam comprometendo o bom funcionamento do organismo, a saúde e a obtenção de resultados concretos em seus objetivos.
            Sabemos que a característica somatotipológica de cada indivíduo fará ter um desempenho melhor ou não na composição corporal, como por exemplo, um indivíduo que apresenta uma característica mesomórfica (predominância de massa muscular, um individuo corpulento) apresentará mais facilidade para hipertrofia e lipólise do que um indivíduo que apresenta uma característica endomórfica (aquele que tem uma maior gordura corporal na região abdominal), há ainda os ectoformos, que são aqueles indivíduos mais longilíneos. Mesmo uns tendo resultados mais rápidos que outros, devemos sempre fazer com que fatores como bom treino e dieta rigorosa, estejam sempre ao nosso lado maximizando a hipertrofia e emagrecimento. Não administre o álcool de forma negligente! Portanto antes daquele “chopinho” pense melhor quando encher a cara! 
Resumindo, os efeitos do álcool no organismo são: 
· Diminui os níveis de testosterona (hormônio anabólico);
· Aumenta os níveis de cortisol (hormônio catabólico);
· Diminui a síntese protéica;
· Compromete uma série de funções motoras e cognitivas;
· Causa desordem no sono;
· Diminui a absorção de vitaminas e minerais;
· Causa desidratação; 
Autor: Melquisedek S. Diniz
Co autoria: Alexandry Mangueira >> www.alexandrymangueira.com.br

12 comentários:

  1. Dani!!
    Eu tb sou Daniele e preciso te dizer q vc é minha musa inspiradora!! Estou iniciando a musculação agora e consegui super dicas no seu blog! Precisei montar minha dieta sozinha, como sou dentista e meu namorado médico sabemos de fisiologia e estou aplicando o que eu sei e pesquisando muito para ficar sarada de verdade!!
    Obrigada pela ajuda! Vc é lindaaa!!!
    Ahh.. se puder visita o meu blog, comecei hoje e vou ficar muita honrada se vc der uma passadinha lá!

    Beijo grande!! de Dani para Dani!!

    ResponderExcluir
  2. se essa atualização viesse antes eu juro que não teria bebido sexta a noite! hahaha!

    ResponderExcluir
  3. Dani, começei a malhar há 6 meses, mas há apenas 1 estou fazendo tudo certo graças ao seu blog. Eu comia errado, fazia tudo errado. Seu blog me ajuda muito, vc n tem noção. Mudou minha vida haahah. Vireu sua superr fã, vc é tudooo de bom. ps: sou hetero hehe. Enfim, te desejo tudo de melhooor no mundo pq vc me ajudou muitooo. beijoss e melhoraas pros babys.

    ResponderExcluir
  4. ainda bem q eu n bebo! ufaaaaa
    daniii...posso tomar albumina a noite ao inves de wheyyy???
    aqui no brasil whey eh mto cara hehehehe

    ResponderExcluir
  5. Oi dani tudo bem?! tenho uma dúvida...sempre que acordo minha barriga está quase colada as costas e sinto que o meu corpo está mais sequinho e fico toda contente...mas...ao longo do dia vou inchando e chego a tarde com uma barriga de grávida!!! como é possível!!! fico logo triste e desanimada, e isto acontece mesmo cortando com derivados de leite. sempre que começo a comer não tem jeito ela incha!...o que faço? será que tenho de me alimentar só de folhas verdes :) eu sei que não mas é desmotivante. isso acontece com você também? já estou na dieta e treino pesado a 2 meses, tenho bodyfat talvez em 26% mas ando sempre muito inchada...não uso sal como tempero mas sei que algumas coisas que como já têm sódio mas são poucas...o meu peso está sempre estável 73kg-74kg apesar de puxar muito pela musculação e fazer aeróbico sei que tou ganhando musculo mas parece que nunca vou ficar definida...enfim...esta ansiedade me mata!
    bjnhs fique bem

    ResponderExcluir
  6. Dani tamega, fiquei tao apavorada de ver os efeitos tao drasticos do alcool nos nossos queridos e suados musculos, que nao estou mais aguentando nem beber socialmente. Tomei nojinho...Bjos Livia

    ResponderExcluir
  7. Eu chego lá!!! Comecei a ler o blog por agora, estou cada dia mais apaixonada e me inspirada em vc!! Parabéns pela dedicação e tbm por despertar esse interesse nas pessoas, não somente para ficar gostosona e sim ter uma vida saudável!! Beijos, Leizi

    ResponderExcluir
  8. Entre todas as suas fotos essa é a mais bonita de todas. Claro que ver seu corpão é um colírio para homens e mulheres.
    Mas essa singeleza, essa simplicidade... Linda!

    ResponderExcluir
  9. Realmente passe longe do álcool. Eu tomo vinho de vez em quando umas duas tacinhas, será que atrapalha o trabalho muscular também por causa do álcool que tem? http://www.muscleplan.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eheh.... Bom, estou lendo esse post tomando uma cerveja... Eu devo ter uma facilidade legal de ganhar massa muscular, porque bebo, malho, não tomo suplemento, só me alimento bem. Sou bem alto e forte, tenho um corpo legal mesmo (1,90m, 118kg, pouca gordura corporal). Sou um viking movido a cerveja, vou pra guerra com meu machado de batalha, ehehe...

    Muito legal seu blog. Parabéns aeh!

    ResponderExcluir